Abrir um CNPJ Simples Nacional pode ser um excelente negócio para quem deseja empreender no Brasil. Entre as opções de regimes tributários disponíveis, o Simples Nacional se destaca por simplificar a gestão fiscal e reduzir a carga tributária para micro e pequenas empresas.

Neste artigo, abordaremos todos os passos necessários para abrir um CNPJ no regime Simples Nacional, desde a escolha do nome da empresa até a liberação do seu Alvará de Funcionamento.

Com as informações corretas e o acompanhamento de um profissional contábil, qualquer empreendedor pode começar seu negócio de forma legal e adequada às exigências fiscais do país.

O que é Simples Nacional?

O Simples Nacional é um regime tributário simplificado e unificado para micro e pequenas empresas, criado em 2006, com objetivo de simplificar a gestão fiscal e reduzir a carga tributária para essas empresas.

Com o Simples Nacional, as empresas podem pagar seus impostos de forma mais simples e unificada, incluindo IRPJ, CSLL, PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS, em uma única guia de recolhimento. Além disso, o regime oferece outras vantagens, como a redução da burocracia e a simplificação das obrigações acessórias.

No entanto, para aderir ao Simples Nacional, as empresas devem se enquadrar em determinados critérios, como ter faturamento anual de até R$ 4,8 milhões e exercer atividades permitidas no regime.

Leia mais: Simples Nacional para médicos e profissionais da saúde

Quanto custa abrir um CNPJ Simples Nacional?

Os custos para abrir um CNPJ Simples Nacional podem variar de acordo com a atividade econômica da empresa, o estado onde ela será registrada e outros fatores.

Em geral, os principais custos para abrir um CNPJ Simples Nacional incluem:

  • Taxa de registro na Junta Comercial: O valor pode variar de acordo com a natureza jurídica da empresa e o seu estado (localização).
  • Taxas estaduais e municipais: A depender do estado e do município onde a empresa será registrada, bem como o seu tipo de atividade, podemos ter outros custos envolvidos.
  • Honorários contábeis: Para abrir um CNPJ Simples Nacional ou em qualquer outro regime, o empreendedor também precisará contar com o suporte e a assessoria de um profissional de contabilidade.
  • Certificado digital: Por fim, o empreendedor que deseja abrir um CNPJ também precisa adquirir um certificado digital para assinar documentos digitalmente e trocar informações importantes com o fisco.

Leia mais: Como reativar um CNPJ? Entenda o processo!

Quais os documentos para abrir CNPJ Simples Nacional?

Os documentos para abrir CNPJ Simples Nacional são os mesmos aplicáveis a outros tipos de empresa, ou seja, incluem basicamente os seguintes itens:

  • RG e CPF do empresário e seus sócios;
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Carnê IPTU do local de instalação da empresa;
  • Documento de constituição empresarial (contrato social ou requerimento de empresário).

Caso você possua dúvidas com relação a um ou mais documentos listados na relação acima, não se preocupe, pois o nosso time de especialistas em abertura de empresas fornecerá toda orientação que você precisar.

Como abrir uma empresa Simples Nacional?
Para abrir um CNPJ Simples Nacional, é preciso seguir alguns passos. Confira!

  1. Escolha a atividade econômica: O primeiro passo é escolher a atividade econômica da empresa, que deve estar dentro das atividades permitidas pelo Simples Nacional.
  2. Defina o nome da empresa: Escolha um nome para a empresa e verifique se já não existe outra empresa registrada com o mesmo nome na Junta Comercial do seu estado.
  3. Elaboração do contrato social: Elabore o contrato social, documento que formaliza a constituição da empresa e estabelece as regras de funcionamento, sócios, capital social, entre outros.
  4. Registro na Junta Comercial: Com o contrato social pronto, é necessário registrar a empresa na Junta Comercial do estado onde ela será sediada. O contador pode cuidar dessa etapa, que inclui o pagamento de taxas e a apresentação dos documentos necessários.
  5. Obtenção do CNPJ: Com a empresa registrada na Junta Comercial, é possível solicitar o CNPJ no site da Receita Federal.
  6. Obtenção do Alvará de Funcionamento: Para poder iniciar as atividades, a empresa precisa obter o Alvará de Funcionamento.
  7. Inscrição na Previdência Social: O contador pode fazer a inscrição da empresa na Previdência Social, para que ela possa contratar funcionários e pagar os encargos trabalhistas.
  8. Opção pelo Simples Nacional: Por fim, é necessário realizar a opção pelo Simples Nacional no site da Receita Federal.

Via de regra, o processo para abertura de uma empresa pode parecer complicado, mas na prática, você descobrirá que após contratar os serviços de um bom contador, tudo fica mais fácil.

Quanto uma empresa paga de imposto no Simples Nacional?

Agora que você já sabe como abrir um CNPJ no Simples Nacional, fica a pergunta sobre o valor dos impostos que uma empresa paga neste regime.

Em meio a esse tipo de dúvida, precisamos esclarecer que a alíquota de imposto que uma empresa paga no Simples Nacional depende do seu faturamento anual e da atividade que exerce.

As alíquotas do Simples Nacional começam em 4% para comércio e podem começar em apenas 4,5% para prestação de serviços, subindo gradativamente e em ambos os casos, de acordo com o volume de faturamento da empresa.

Para obter uma estimativa e saber com mais detalhes quanto a sua empresa pagará de impostos neste regime, bem como se o Simples Nacional é a melhor opção para os seus negócios, entre em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× WhatsApp