• 1 de junho de 2023
  • Contdias
  • 0

No Brasil, a gestão de dados trabalhistas sempre foi um desafio para as empresas. Invariavelmente, o grande volume de informações e obrigações fiscais tornava o processo burocrático e suscetível a erros. No entanto, com o objetivo de simplificar e unificar esse processo, o governo implementou o eSocial, uma plataforma digital que busca revolucionar a forma como as empresas lidam com esses tipos de obrigações.

eSocial — alcunha simplificada para Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas –, começou a ser implementado em meados de 2018. A iniciativa é fruto de uma ação conjunta da Receita Federal do Brasil, do Ministério do Trabalho, do Instituto Nacional do Seguro Social e da Caixa Econômica Federal para aperfeiçoar o envio de informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais pelos contratantes.

Antes da implementação do eSocial, as empresas tinham que lidar com diversas obrigações e declarações. E cada uma delas exigia o preenchimento de formulários específicos e envio para diferentes órgãos do governo. Com o novo sistema, todas essas tarefas foram integradas em uma única plataforma, reduzindo em muito a burocracia. Além disso, a tecnologia adotada também é mais segura em relação às possibilidades de erros e fraudes. São diversos os itens cobertos pela plataforma:

  •         CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – regime CLT)
  •         CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho)
  •         CD (Comunicação de Dispensa)
  •         CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social)
  •         DCTF (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais)
  •         DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte)
  •         Folha de pagamento
  •         GFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social)
  •         GPS (Guia da Previdência Social)
  •         GRF (Guia de Recolhimento do FGTS)
  •         LRE (Livro de Registro de Empregados)
  •         MANAD (Manual Normativo de Arquivos Digitais)
  •         PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional)
  •         PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário)
  •         PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais)
  •         QHT (Quadro de Horário de Trabalho)
  •         RAIS (Relação Anual de Informações Sociais)

Redução de erros e inconsistências

Além de centralizar as obrigatoriedades na gestão de dados trabalhistas, o eSocial contribui para a redução de erros nas informações enviadas pelas empresas. Antes, quando os dados eram emitidos por meio de diferentes declarações, era comum ocorrerem inconsistências entre as informações prestadas, o que poderia gerar multas e penalidades para as empresas.

Com o eSocial, os dados são validados automaticamente pelo sistema, reduzindo a chance de erros e facilitando a identificação de equívocos.

Leia mais: O que é BPO Financeiro e como ele pode ajudar você e seu negócio?

Melhoria na fiscalização e combate à sonegação

eSocial permite um maior controle e fiscalização por parte dos órgãos governamentais. Com todas as informações trabalhistas centralizadas em uma única base de dados, o governo tem acesso a informações mais precisas e atualizadas sobre os trabalhadores e suas relações com as empresas. Isso facilita a identificação de irregularidades, combate à sonegação de impostos e contribui para a redução da informalidade.

Benefícios para os trabalhadores

Além de simplificar a gestão para as empresas, o eSocial também traz benefícios para os trabalhadores. Com a integração das informações, é possível agilizar o acesso a benefícios previdenciários, como o seguro-desemprego e o auxílio-doença. Além disso, o eSocial contribui para garantir o cumprimento dos direitos trabalhistas, uma vez que o sistema permite a verificação do status das obrigações por parte das empresas.

Obrigatoriedade do eSocial

É importante frisar que a adesão ao eSocial é obrigatória. Então, não apenas o acesso a benefícios para empregadores e empregados deve ser um fator motivador para se aderir ao sistema. Afinal, trata-se da adequação a uma lei.

E, desde 2018, todas as empresas do Brasil devem enviar os dados relacionados aos seus colaboradores por meio do sistema, sob pena de receberem multas e outras sanções.

Sobre a Contdias

Criada há mais de 40 anos, a Contdias tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Contdias é seu atendimento com excelência de contabilidade para empresas de tecnologia.

Entre em contato já, podemos ajudar você!

Agende uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento. ligue (31) 3271-5531 ou chame a gente no clicando aqui.

Gostou deste artigo? Quer mais conteúdo para manter-se informado sobre o mundo financeiro? Então, siga-nos no Facebook, Instagram, Linkedin e Twitter e acompanhe todos os nossos posts!

× WhatsApp