Holding

Você sabe o que é, quais são os tipos e como funciona uma holding? Saber mais sobre o assunto é importante, já que no mundo dos negócios, a estruturação societária possui um papel fundamental na organização e gestão de empresas.

Nesse contexto, uma forma de organização empresarial que tem ganhado destaque é a holding. As holdings são empresas que têm como principal objetivo controlar e administrar outras empresas, atuando como uma espécie de “empresa-mãe”.

No entanto, para compreender completamente o funcionamento e a importância desse tipo de estrutura empresarial, é necessário explorar seus conceitos fundamentais e os diferentes tipos de holdings existentes.

O que é e como funciona uma holding?

É uma empresa que possui participação acionária majoritária nas empresas que são parte de um grupo empresarial, controlando-as de forma estratégica.

O principal objetivo é coordenar e administrar as atividades e o patrimônio das empresas sob seu controle, buscando maximizar os benefícios e sinergias entre elas.

Na prática, a holding atua como uma espécie de “empresa-mãe” que detém o controle acionário de uma ou mais empresas, chamadas de subsidiárias.

A “empresa-mãe”, em si, não costuma se envolver diretamente nas operações diárias das subsidiárias, mas exerce influência direta sobre suas decisões estratégicas. Ela pode fornecer diretrizes, políticas e suporte para as subsidiárias, além de compartilhar recursos e conhecimentos entre as empresas do grupo.

Quais são os tipos?

Existem diferentes tipos de holdings, cada uma com suas características específicas e finalidades. Confira um resumo sobre os principais tipos.

Pura

A holding pura tem como única atividade o controle e administração de outras empresas. A pura, não possui atividades operacionais próprias além da gestão das subsidiárias.

Sendo assim, podemos afirmar que o seu objetivo principal é centralizar o controle acionário e estratégico das empresas do grupo, buscando maximizar a eficiência operacional das subsidiárias e os resultados financeiros.

Mista

A holding mista possui atividades operacionais próprias, além do controle acionário das subsidiárias. Na prática, isso significa que a empresa-mãe não apenas administra as subsidiárias, mas também desempenha atividades comerciais, industriais ou de prestação de serviços.

A mista, pode diversificar suas fontes de receita por meio de suas próprias operações, ao mesmo tempo em que controla outras empresas.

Familiar

A holding familiar é uma forma de estruturação societária que visa preservar o patrimônio e a gestão de empresas familiares ao longo das gerações. Ela permite que os membros da família tenham participação acionária e influência nas decisões estratégicas das empresas do grupo.

A familiar, oferece vantagens como a proteção do patrimônio familiar, a sucessão empresarial planejada e a facilidade na transmissão de bens e direitos entre os membros da família.

Patrimonial

A holding patrimonial é uma administradora de bens, normalmente imóveis. O objetivo da constituição desse tipo de holding é facilitar a gestão dos bens e obter benefícios no âmbito fiscal e sucessório.

Em uma “empresa-mãe” patrimonial, os bens sob sua administração são incorporados ao patrimônio da empresa, permitindo, dentre outras coisas, que a tributação das receitas com aluguéis seja realizada com base em uma alíquota menor que a praticada quando os imóveis estão no nome de pessoas físicas.

Administrativa

A holding administrativa é uma empresa que tem como principal função controlar e gerir outras empresas, sem estar envolvida diretamente em atividades operacionais. Ela concentra-se na gestão estratégica, na coordenação das subsidiárias e na tomada de decisões estratégicas em nome do grupo.

Nesse modelo, a administrativa detém participação acionária nas subsidiárias, geralmente possuindo a maioria das ações ou a totalidade delas. Isso permite que ela exerça influência sobre as decisões estratégicas, a alocação de recursos e a definição de políticas corporativas.

Holding de participação

A holding de participação é uma empresa que possui participação acionária em outras empresas, sem necessariamente exercer um papel ativo na gestão ou controle direto das subsidiárias. Nesse modelo, a holding de participação adquire ações ou quotas de outras empresas, tornando-se acionista ou sócia dessas empresas, mas sem interferir nas suas operações diárias.

O principal objetivo de uma holding de participação é investir em outras empresas com potencial de crescimento ou que estejam estrategicamente alinhadas aos seus interesses. Ao adquirir participação acionária nestas empresas, a holding se torna uma investidora, buscando obter retorno financeiro.

Leia também: Planejamento sucessório: Veja o que é e como fazer

Quais as vantagens?

A adoção de uma estrutura de holding oferece diversas vantagens para empresas e famílias empresárias. Algumas das principais vantagens incluem:

Proteção patrimonial: A holding permite separar os ativos e passivos das diferentes empresas em entidades jurídicas distintas, o que significa que em caso de problemas financeiros ou litígios legais em uma das subsidiárias, os ativos da holding e de outras empresas do grupo não estarão diretamente expostos a esses riscos.

Redução de riscos e concentração de controle: A holding centraliza o controle acionário e estratégico das empresas do grupo, o que permite uma gestão mais eficiente e uma melhor coordenação das atividades entre as subsidiárias.

Otimização tributária: A estruturação societária em forma de holding pode oferecer benefícios fiscais e oportunidades de otimização tributária. Isso inclui a possibilidade de redução de impostos sobre os lucros, utilização de incentivos fiscais específicos e transferência eficiente de recursos entre as empresas do grupo.

Flexibilidade e agilidade na reestruturação: A holding facilita a reestruturação e reorganização de empresas dentro do grupo. Se houver necessidade de transferir ativos, reorganizar participações acionárias ou modificar a estrutura corporativa, a holding oferece uma base sólida e flexível para essas mudanças.

Planejamento sucessório e preservação do patrimônio: Para famílias empresárias, a holding pode ser uma ferramenta valiosa no planejamento sucessório e na preservação do patrimônio ao longo das gerações.

Acesso a financiamento e investimentos: Uma holding com um portfólio diversificado de empresas e ativos pode ter acesso facilitado a financiamentos bancários, investimentos de capital de risco e outras formas de captação de recursos.

Como abrir uma Holding?

Os interessados em abrir uma holding, precisam buscar a orientação e assessoria de uma contabilidade especializada nesse tipo de operação.

Além de cuidar dos trâmites legais para constituição, um contador especialista pode:

  • Contribuir para a definição do tipo de holding;
  • Fornecer suporte para estruturação da gestão da holding;
  • Tratar de aspectos ligados à distribuição societária;
  • Montar um planejamento tributário adequado;
  • Manter as obrigações da holding e das empresas do grupo em dia;
  • Dentre outros itens importantes.

Deseja saber mais e estudar a viabilidade de abrir uma holding para os seus negócios? Conte com o time de especialistas da Contdias.

Vencendo a crise da COVID-19 a cada dia junto com as empresas

O período da pandemia tem propiciado o fortalecimento de parcerias. Também tem sido uma boa oportunidade para inovar e fazer melhor.

Para nós, da Contdias, é gratificante poder ajudar empresas e parceiros nesse momento desafiador. Nosso muito obrigado pela confiança e parceria.

Podem contar conosco, pois sabemos que a jornada ainda não acabou.

Sobre a Contdias

Criada há mais de 40 anos, a Contdias tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Contdias é seu atendimento com excelência de contabilidade para empresas de tecnologia.

Entre em contato já, podemos ajudar você!

Agende uma consultoria e descubra o caminho mais seguro, econômico e rápido para o que você precisa no momento. ligue (031) 3271-5531 ou chame a gente no WhatsApp clicando aqui.

Gostou deste artigo? Quer mais conteúdo para manter-se informado sobre o mundo financeiro? Então, siga-nos no Facebook, Instagram, Linkedin e Twitter e acompanhe todos os nossos posts!

× WhatsApp